Palavras

São as palavras um emaranhado de emoções discorridas pela intrepidez do coração. São néscias ou sábias… Quem pode julgar? Porquanto confluem pelo ar e arrebatam os ouvidos atentos.

Mas nem tudo pode ser dito, ou quase nunca se diz o precisa ser entoado, porque são as palavras fonte de vida ou de morte, e nelas pode-se esconder  universo.
[quote fw_shortcode_id=”2″]

São loucos, contudo, os poetas da madrugada que ficam criando versos rimados ao acaso, sem se preocupar com os amantes apaixonados.

De tudo o que pode ser dito

Ficam então as palavras mudas, na imensidão dos amores perdidos ou dos segredos horrendos da alma partida.

Leave a Reply

Seu endereço de e-mail não será publicado.